fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Retorno das eleições em Mianmar

Passados 20 anos, Mianmar (Birmânia) terá sua primeira “Eleição Geral”. Elas ocorreram neste final de semana e chamou a atenção de todas as nações asiáticas. Trinta e sete partidos disputaram assentos na “Câmara Alta” e na “Câmara Baixa” do “Parlamento Nacional” e das “Assembléias Municipais”. Dentre os 37, o “Partido da União Solidária e Desenvolvimento”, comandado pelos líderes do “Governo Militar” e a “Liga Nacional para a Democracia” são os que tem maiores atenções dos eleitores e das nações vizinhas. O movimento das eleições fez com que os vizinhos reforçassem a segurança em suas fronteiras, prevenindo algum evento que pudesse afetar as respectivas seguranças nacionais.

O país teve suas últimas eleições em 1990 e a vitória foi do líder da oposição, Aung San Suu Kyi, mas a “Junta Militar”, que continua no poder, havia rejeitado o candidato eleito e manteve o regime. Hoje, serão anunciados os candidatos eleitos em todo o país. Acredita-se em um novo rumo, mais democrático e livre, após a sua realização.

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!