ÁSIANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Presidente Sul-Coreana visita Uzbequistão para reforçar parceria estratégica

Em viagem de seis dias à Ásia Central, a Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, encontrou-se nesta terça-feira (17 de junho) com o Presidente do Uzbequistão, Islam Karimov. Na reunião de cúpula realizada na capital uzbeque, Tashkent, os dois líderes acordaram estreitar as relações bilaterais e a cooperação econômica, principalmente no setor energético e logístico.

Durante o encontro, que contou com a presença de 81 empresários coreanos, os líderes analisaram o andamento de joint ventures no setor energético, incluindo projetos de transporte de gás e expansão de termoelétrica[1]. Além da perfuração de poço de gás na região de Bukhara – projeto desenvolvido por empresas uzbeque e russa, que tem atraído a atenção da Coreia, o Uzbequistão planeja construir uma usina de energia solar em Samarkand com capacidade de 100 MW, cujo processo licitatório será aberto ainda este ano (2014)[2].  

Na questão logística, o presidente Karimov manifestou apoio à “Iniciativa da Eurásia”, proposta criada pelo governo coreano em outubro de 2013 com o objetivo de estreitar a cooperação entre os países da região visando a construção de infraestruturas logística e energética transfronteiriça[3].  

Com a visita, a presidente Park procurou, em suas próprias palavras, “dar forma a projetos concretos de cooperação para ampliar as bases de uma relação win-win*e alavancar a geração de empregos e o desenvolvimento econômico nos dois países[4].  

Na quinta-feira (19.06), Park segue para o Cazaquistão, país que concentra em torno de 250 empresas coreanas. Com o presidente Nursultan Nazarbayev, discutirá projetos no setor de energia. A viagem à Ásia Central terminará após visita ao Turcomenistão. Será a primeira vez que Chefe de Estado da Coreia visitará o país[5].

—————————————————

* Relação Ganha-Ganha.

—————————————————

Imagem Presidente uzbeque Islam Karimov recebe a  presidente sul-coreana Park Geun-hye em frente ao palácio presidencial em Tashkent” (Fonte):

http://res.heraldm.com/content/image/2014/06/17/20140617001791_0.jpg

—————————————————

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www.koreaherald.com/view.php?ud=20140617001313

[2] Ver:

http://english.yonhapnews.co.kr/national/2014/06/17/62/0301000000AEN20140617007452315F.html

[3] Ver:

http://www.koreaherald.com/view.php?ud=20140617001313

[4] Ver:

http://english.yonhapnews.co.kr/national/2014/06/16/9/0301000000AEN20140616009300315F.html

[5] Ver:

http://www.koreatimes.co.kr/www/news/nation/2014/06/120_158806.htm

About author

Graduada em Relações Internacionais pelas Faculdades Metropolitanas Unidas, realizou intercâmbio na Universidade de Lodz e especialização em Administração na EAESP-FGV. Ampla experiência na área internacional obtida em consultoria estratégica, organização multilateral, entidade de classe, agência governamental e de notícias, sempre com foco na expansão de operações internacionais e de PMEs. No momento, atua em projetos de internacionalização e articulação institucional e prepara-se para iniciar Mestrado em Políticas Públicas.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

China lança plano de transformar Shenzhen em “motor central” de reforma

AGÊNCIAS DE COOPERAÇÃOCOOPERAÇÃO INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Impacto da COVID-19 na educação é tema de Relatório das Nações Unidas

ÁFRICANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Ataque jihadista a civis deixa 25 mortos em Burkina Faso

ANÁLISES DE CONJUNTURANOTAS ANALÍTICAS

COMUNICADO CEIRI NEWS DE 12 DE OUTUBRO

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!