fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Ri Yong-ho é afastado de seus cargos e Seul cobra dívidas de Pyongyang

O Governo norte-coreano afastou de todos os seus cargos o líder das “Forças Armadas da Coreia do Norte”, Ri Yong-ho, devido ao seu estado de saúde. Ri é considerado como uma das peças-chave para o sucesso da “Família Kim” no poder, mas, hoje, com 70 anos de idade, sua condição o impede de ocupar altos cargos.

 

Pyongyang afastou o Chefe de seu Éxército e agora trabalha para ter um nome a altura nesta posição. A agência de notícias oficial da “Coreia do Norte”, KNCA, divulgou apenas textos curtos sobre o afastamento do comandante militar, abafando quaisquer assuntos que possam gerar uma sensação de crise ou falta de substitutos para suas “Forças Armadas”.

Enquanto o país mantém seu foco nos assuntos internos, a “Coreia do Sul” emitiu uma nota exigindo que o vizinho pague todas as suas dívidas. A “República Popular Democrática da Coréia” (RPDC) tem muitos empréstimos  que foram utilizados para compra de alimentos, uma soma superior a 5 milhões de dólares, os quais já venceram. Pyongyang ainda não deu resposta a Seul, que já os alertou pela segunda vez neste ano.

————————–

Fontes:

Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/07/16/1s153727.htm

Ver:

http://spanish.yonhapnews.co.kr/northkorea/2012/07/16/0500000000ASP20120716000300883.HTML

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!