fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

“Rio + 20” servirá como “vitrine” para apresentar uma “nova China”

A China vem investindo no desenvolvimento sustentável através da substituição do atual modelo de desenvolvimento, baseado no uso de “fontes de energias fósseis”, desmatamento etc. para o uso de “fontes de energia limpa” e de não agressão ao meio ambiente. Toda as transformações e os planos do país deverão ser apresentados durante a “Rio + 20” que será realizada em junho.

 

Vamos abandonar o modelo de desenvolvimento predatório, baseado em gastos elevados de energia e com poluição do meio ambiente. Queremos trabalhar economizando energia e reduzindo as emissões de gases, orientados pela inovação e pelo investimento em alta tecnologia e qualidade do desenvolvimento humano”, disse o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang para o jornal “O Globo”.

A meta do “Produto Interno Bruto” (PIB) chinês foi previsto abaixo dos anos anteriores, estando por volta de 7,5% neste ano, pois, com as mudanças no “sistema de desenvolvimento do país”, o ritmo de crescimento será menor. Todas as grandes potências asiáticas vem trabalhando em um modelo de desenvolvimento sustentável e já faz parte da conduta chinesa  ser sempre a “primeira” entre os grandes do seu continente, deixando claro que o país não irá economizar para atingir seus objetivos de ser a primeira nação regional.

———————

Fonte:

VerHoje Macau”:

http://hojemacau.com.mo/?p=33538

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!