fbpx
EURÁSIAEUROPANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Rússia afirma continuidade da missão diplomática na Síria e de sua base naval em Tartus

Semana passada (em 27 de junho), a mídia internacional disseminou a informação de que, atualmente, a Rússia não tem militares em suas instalações de reabastecimento no porto sírio de Tartus. Também informou que um diplomata (cujo nome não foi revelado), afirmou ter obtido a informação por alguém de dentro do “Ministério da Defesa Russo”, bem como que isso seria uma medida temporária.

O vice-ministro das relações exteriores da Rússia, Mikhail Bogdanov, no mesmo dia relatou que as instalações Russas na cidade síria de Tartus nunca foram utilizadas de maneira concreta como base militar e as instalações não transmitem significado estratégico militar para a Rússia. O “Ministério da Defesarusso liberou uma declaração, na qual afirma que as instalações são unicamente cuidadas por civis por um bom tempo, mas que não há planos para abandonar a instalação[1].

No dia seguinte (28 de junho), o ministro das relações exteriores Sergei Lavrov comunicou que não existe pretensão nenhuma por parte do governo russo em fechar sua embaixada (missão diplomática) em damasco ou sua base naval[2][3].

Através dos canais encontrados na mídia online, pode-se observar que a notícia se trata de uma especulação e alguns analistas a apresentaram precipitadamente ao afirmar que se tratava de uma retirada da Rússia[4], da mesma forma que outros deram crédito às conjecturas [5].

————————–

Imagem  “Navio Russo caçador de mina, 2005” (Fonte: Autor – Vyacheslav Argenberg):

http://en.wikipedia.org/wiki/File:IvanGolubets2005Sevastopol.jpg
—————————-

[1] Ver:

http://en.rian.ru/world/20130627/181909679/Russian-Navy-Pulls-Personnel-Out-of-Syria-Base–Deputy-FM.html

[2] Ver:

http://english.ruvr.ru/news/2013_06_28/Reports-on-close-of-Russian-Embasys-in-Damascus-are-provocation-Lavrov-2762/

[3] Ver:

http://english.ruvr.ru/news/2013_06_28/Russian-Tartus-base-operates-normally-no-evacuation-plans-Lavrov-7646/

[4] Ver:

http://www.guardian.co.uk/world/2013/jun/26/russia-withdraws-personnel-syria

[5] Ver:

http://articles.washingtonpost.com/2013-06-27/world/40220757_1_tartus-ships-military-personnel

About author

Pósgraduado em Ciência Política (IUPERJ) e Bacharel em Relações Internacionais (UCAM). Experiência profissional em Representação Comercial e atualmente Gerente de Projetos e Novos Negócios na Prefeitura do Rio de Janeiro. No CEIRI Newspaper escreve no grupo Europa desde março de 2013, em que desenvolve publicações com ênfase na Política Externa Russa.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!