fbpx
ÁFRICAECONOMIA INTERNACIONALEUROPANOTAS ANALÍTICAS

Rússia fecha Acordo de Cooperação para construção de usinas nucleares na África do Sul

A empresa estatal russa de energia nuclear Rosatom formalizou um histórico Acordo de Cooperação com o Governo da África do Sul para a construção de uma rede de usinas nucleares no país focadas na geração de energia. O acerto foi formalizado por Sergei Kirienko, Diretor-Geral da Rosatom, e por Tina Joermat-Peterson, Ministra de Energia sul-africana.


De acordo com Kirienko, “o acordo lança os alicerces para o desenvolvimento de um programa de geração de energia nuclear de grande escala na África do Sul com a construção, até 2030, de uma rede de oito usinas nucleares equipadas com reatores russos VVER, gerando o total de 9,6 GW[1].

A Rússia e a África do Sul também aprovaram um Acordo de Cooperação Bilateral com objetivo de promover a pesquisa e o desenvolvimento em outros setores da indústria nuclear e programaram a construção de um reator de pesquisa de múltiplos usos com tecnologia russa, para o desenvolvimento e modernização da infraestrutura nuclear sul-africana.

De acordo com o Plano Integrado de Recursos (IRP, na sigla em inglês) da África do Sul para 2010-2030[2], para garantir a segurança energética de todos os sul-africanos, o país precisa utilizar diversas fontes de energia, incluindo a nuclear. Dessa forma, continuará comprometido a adicionar novas plantas nucleares de geração à sua matriz energética.

—————————————————————————

Imagem (Fonte):

 Wikipedia

—————————————————————————

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www.monitormercantil.com.br/index.php?pagina=Noticias&Noticia=161715&Categoria=INTERNACIONAL

[2] Ver:

http://www.atividadesnucleares.com.br/materia.asp?id=1501

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!